preloader image

Um dia prometo voltar

Urge, cada vez mais, aproximar aquele que um dia partiu para outro país, com aquele que ficou em Portugal, tendo-se a coragem de se colocar o dedo na ferida, desmistificar teorias dos velhos do restelo e criar pontes de entendimento entre “lá e cá”. Nos últimos censos sabe-se que existem mais de 2,5 milhões de emigrantes portugueses em 180 países (dos 197 contabilizados para o estudo) e que em 2017 saíram de Portugal mais de 85 mil pessoas. Portugal sempre foi um país de emigrantes, embora outrora eramos chamados de “exploradores”, nome com que conquistámos meio planeta, onde criámos raízes em quase todos os países do mundo e fomos um dos povos que mais contribuiu para a evolução da espécie.

0 Benfeitores 2 Adoro 0 Avaliações
0,00 Angariado
120.000,00 Objetivo
Percentagem levantada :
0%

86 dias para o término
0% Financiado
Aveiro, Portugal

Urge, cada vez mais, aproximar aquele que um dia partiu para outro país, com aquele que ficou em Portugal, tendo-se a coragem de se colocar o dedo na ferida, desmistificar teorias dos velhos do restelo e criar pontes de entendimento entre “lá e cá”. Nos últimos censos sabe-se que existem mais de 2,5 milhões de emigrantes portugueses em 180 países (dos 197 contabilizados para o estudo) e que em 2017 saíram de Portugal mais de 85 mil pessoas. Portugal sempre foi um país de emigrantes, embora outrora eramos chamados de “exploradores”, nome com que conquistámos meio planeta, onde criámos raízes em quase todos os países do mundo e fomos um dos povos que mais contribuiu para a evolução da espécie.

Este documentário pretende recuar aos princípios da criação de Portugal e analisar os movimentos migratórios, incluindo-se também as campanhas dos grandes exploradores no descobrimento das terras além-mar, explicando que o chamamento da emigração está no sangue português, nasce com as pessoas, e à mínima possibilidade, o português lança-se à aventura, vai sem medo, vai sem saber o que vai encontrar, mas sente esse sentimento, quase de desespero, de ir. Como o ditado diz “O caminho faz-se caminhando” e para este tipo de portugueses, o que interessa é a caminhada.

Este documentário irá dividir-se em 4 partes.

1ª PARTE

Explica a história da emigração desde o início da constituição do nosso país, os fluxos migratórios, e acima de tudo a inclusão no ADN dos nossos avós de uma tendência irrequieta e um espírito conquistador.

2ª PARTE

Um olhar sobre a vida de pessoas que foram descentes de portugueses e que ocuparam altos cargos de relevo em diversos países. A título de exemplo, o antigo Presidente do Uruguai, Luis Alberto Lacalle Herrera; Benjamin Disraeli foi Primeiro-Ministro Conservador do Reino Unido; Kate Perry é seguramente um dos nomes mais surpreendentes; Fáfá de Belém é uma presença regular no nosso país de origem portuguesa; Demi Lovato aos 22 anos já tem um percurso interessante; Daniela Ruah é uma cara bem conhecida dos portugueses; Tom Hanks, vencedor de 2 óscares, um dos mais prestigiados atores mundiais;  Sam Mendes (ou melhor Samuel Mendes) é mais um ilustre descendente de Portugueses; Lucile Vasconcellos Langhanke, em 1942 venceu um Óscar; Louisa May Alcott (1832, Filadélfia – 1888, Boston) destacou-se na literatura juvenil, a sua obra mais marcante foi “The Little Woman” (As Mulherzinhas); François Mitterrand, que viveu entre 1916 e 1996, foi um dos mais emblemáticos presidentes franceses que também descende de Afonso Henriques.

3ª PARTE

Um olhar para um novo tipo de emigração deste século. Homens e mulheres que fogem ao tradicional emigrante português, que emigram para trabalhos com remuneração acima da média e acabam por ser embaixadores preferenciais do nosso país. É um tipo de emigração que sempre houve, mas agora com mais consistência, porventura com mais divulgação. Algumas pessoas de que gravaremos depoimentos, serão: Pedro Gadanho, curador de Arquitetura Contemporânea no MoMA; Paula Rêgo, pintora; Carlos Tavares, presidente do grupo PSA; António Horta Osório, presidente do Lloyds Bank; António Guterres, Secretário Geral das Nações Unidas; António Damásio, professor de Neurociência; Cristiano Ronaldo, futebolista; João Sousa, tenista; Joaquim de Almeida, ator; Carlos de Mattos – empresário no mundo do cinema premiado já com 2 óscares técnicos da academia de Hollywood.

4ª PARTE

A última parte debruça-se sobre as histórias de portugueses que emigraram em condições muito difíceis, “emigração de salto”. Desde a motivadora história de Linda de Suza, ao percurso extraordinário de Augusto Amador, vereador em Newark, passando pelos pescadores de Massachusetts, no estado de Boston, ao Daniel Oliveira de Bremerhaven, ou de José Tavares, empresário em Paris.

CONCLUSÃO

São poucos os documentários sobre a emigração e menos ainda os que se aproximam do ponto de vista desta nossa proposta. Mesmo que muitos houvessem, continuariam a ser poucos comparativamente com o número e força das histórias destas mulheres e homens, que muitas vezes se sentiram cidadãos de 2ª categoria no seu país.

Faça uma doação sem recompensa
Quantidade mínima é €10 Quantidade máxima é €

Recompensas

€100 - ou mais

Inscrição do nome no genérico + jantar com a produção + oferta de bilhete duplo para a estreia do filme + cópia em DVD do filme autografada pela equipa.

0 Benfeitores

Entrega estimada: Dez, 2022

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.